1 de set de 2017

Cronograma capilar: Recupere seu cabelo em um mês


Sem muita demora que o post hoje tá grande, tô muito animada pra falar mais de algumas coisas aqui no blog que aprendi sobre cabelo nesse tempo em transição, vocês gostariam de ver mais desse tipo de conteúdo por aqui? Me falem nos comentários e deixem sugestões💘

🌈O que é?

Nada mais, nada menos do que cuidados sistematizados e agendados divididos em 3 etapas: hidratação, nutrição e reconstrução, que você vai ter com o seu cabelo para repor os nutrientes que são naturalmente perdidos por conta do sol, água quente, poeira, água do mar, água com cloro, uso excessivo de secador e/ ou chapinha.
  • Os cuidados podem te ajudar na falta de brilho, ressecamento, ocasionados por descolorações, químicas, uso de chapinha e outros.  
  • O cronograma é ótimo  pra quem está na transição, pois ajuda no crescimento saudável e é o que a gente mais precisa nessa fase, né?
  • Indico MUITO pra quem acabou de fazer o Big Chop, pois é a fase em que o cabelo está sem brilho e sem definição.
  • Enfim, é bom pra todos os tipos de cabelo! As etapas vão te ajudar a repor tudo o que sua fibra capilar precisa.

🌈Como fazer?


25 de ago de 2017

Fanpages para desintoxicar suas redes sociais


Acredito que o conteúdo que a gente consome em nossas redes sociais influencia, mesmo que inconscientemente, no nosso humor no dia a dia, falo por experiência própria, ler e assistir à coisas positivas nos lembra que existem pessoas boas, que cuidam e se preocupam com o próximo. É sobre desintoxicação que eu tô falando, excluir pessoas, fanpages, que nos deixa desesperançosos. Poxa! Rede social é pra ser um passatempo, é pra quando chegar em casa cansado (a) do trabalho e passar uns minutos se distraindo com coisas boas e não com discursos de ódio. E pra dar um empurrãozinho nessa limpa que eu sei que tu vai fazer ainda hoje, separei umas fanpages fofas do facebook pra você acompanhar, que com certeza vai fazer uma diferença danada no seu dia! Chama na positividade, bb 🌸

*clique nas imagens para ampliar

1- Fofura Motivacional

     

A página usa imagens fofinhas de animais, com frases motivadoras voltadas para autoestima e vitalidade mental. Eu as chamo de frases- lembretes. É uma das minhas páginas favoritas.

2- Um ano agradável 

    

A página propõe um desafio todos os dias com objetivo de fazer seu ano mais agradável. E eu, é claro, acho óóótimo, inclusive fiz um post aqui no blog com dicas para aproveitar a solitude #vamoquevamo. 

3- Oi, Aure

     

Página de um quadrinista muito talentoso, Aureliano Medeiros. O Aure dos quadrinhos é o próprio Aureliano em situações do cotidiano, é um abracinho virtual e um "você não está sozinho". 

4- Para largar o rivotril

 


Como o próprio nome já sugere, são doses de auto-ajuda. A página dá instruções de auto cuidados, dicas, usa também de vídeos e ilustrações. O foco é ajudar. 

5 - Aquele Eita

  

O tanto que eu amo as tirinhas dessa fanpage não tá no gibi!! Como todas as outras que citei acima, ela tá aí pra dar aquela forcinha virtual. Gente, os desenhos são tão fofinhos e delicados...

6Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente

Quem aí curte textões tapa-na-cara-da-sociedade? 🙋. Maratona de textão, sim senhora.
Vamos espalhar coisas boas por aí? Poste uma foto no seu instagram relacionada à positividade + uma mensagem motivacional e use a hastag #ChamaNaPositividadeBB hahaha.

Qual página você acha que tá faltando nessa lista? Qual das citadas você ainda não conhecia? Vamos papear! As páginas Fofura Motivacional, Para largar o rivotril, Aquele Eita e o TCD estão também no twitter e no instagram, acompanhem- as por lá! 


💌jaqueline_14@outlook.com.br

16 de ago de 2017

Só vai!


Às vezes não precisamos entender certas coisas, só precisamos confiar e simplesmente ir. Vai haver situações em que tudo vai dar errado, pessoas vão te jogar no fundo do poço, tudo vai te fazer querer desistir, mas só vai. Quando tudo estiver dando errado só lembra que, então, é pra ser. Tudo isso faz parte, é aquela famosa frase que vocês já devem ter visto/ouvido por aí: descansa, mas não desiste. Aproveita e exercita a confiança em si mesmo. Acredito que toda situação tem algo a ensinar, vendo por esse lado, a vida não é mais um obstáculo ou algo a ser sobrevivido, é uma escola onde aprendemos e compartilhamos nossos aprendizados com os colegas de sala para que evoluam junto com a gente. As adversidade são importantes quando percebidas de um outro ângulo, caso contrário, permaneceremos sempre no mesmo lugar. Aproveita todas as situações ruins na mesma intensidade que tu aproveita as boas, tenho certeza que você vai se permitir muito mais quando entender que elas são necessárias. 
Não se trata de "só isso", é algo muito maior a ser vivido e nós sabemos disso, basta ouvir esse teu lado. Tô ligada que tu também não se contenta com esse ciclo doido de "você tem que fazer isso porque é assim que as coisas funcionam". Vamos lá, vai me dizer que lá no fundo você não sabe que pode muito? Hm? Então não dê ouvidos apenas aos sentimentos que te diminuem, dê importância aos que te dizem que você pode, porque não é uma mentira e nós sabemos disso. Não diminua o seu sentir, porque na verdade, não é só isso, vai muito além, é como costumamos dizemos aqui em Salvador: "o buraco é mais embaixo". Confia no teu coração e só vai! 

Leia também: Precisamos falar sobre autoestima
💌Email: jaqueline_14@outlook.com.br

9 de ago de 2017

5 dicas para sobreviver à transição capilar


Pra quem não sabe, passei pela transição capilar recentemente (na verdade, me considero em transição ainda pelos resquícios de quimica, pelo scab hair e tudo mais) e explicando da forma mais resumida possível: transição capilar é quando você decide passar pelo processo de retirada de toda química do cabelo, a maioria das pessoas esperam alguns meses pro cabelo natural crescer e fazer o Grande Corte, mais conhecido como Big Chop, tirando todas as pontas com química do cabelo. Mas também tem a opção de raspar todo o cabelo e esperar o natural crescer (muiiita coragem!). Quem está passando por essa fase sabe que, durante o processo, encontramos muitas dificuldades, não só pelo fato de o cabelo estar com duas texturas (natural crescendo e o liso com química), mas pela autoaceitação, pelo os comentários maldosos, baixa autoestima e outras coisas. Pensando nisso, eu separei algumas coisas pra você que já tá na transição ou que está pensando em entrar. 

Ninguém disse que seria fácil


Você vai receber comentários negativos, sim. Vai haver dias que nada que você faça no cabelo vai dar certo, com o decorrer do tempo sua raiz vai crescer e consequentemente, vai ficar muuuito mais difícil de arrumar (você pode optar pelas box braids, que inclusive fiz um post aqui no blog falando sobre), mas foca lá na frente, de você satisfeita, com o seu cabelo 100% natural, se amando muito e se divertindo com as mil texturas existentes nele. Só você sabe o motivo de ter decidido entrar na transição, não sabe? Então foca nisso e só vai! Cerque-se de pessoas positivas e que te apoiem, esse é o segredo. 

Não entre na transição capilar pra ter cachos perfeitos



Esse, na minha opinião, é o mais importante. Não acho legal entrar na transição só pra ter cachos. O objetivo é a autoaceitação, isto é, aceitar como seu cabelo de fato é, independentemente se ele forma cachos ou não, não adianta sair de uma ditadura pra entrar em outra, clichê, mas a mais pura verdade. Entre na transição com a mente aberta a aceitar o que está por vir.

No stress! Aproveite a fase
fonte da imagem: desventuras de uma cacheada

Se você passou muito tempo usando químicas, provavelmente não lembra de como é seu cabelo natural, certo? Então tudo vai ser novo pra você, essa vai ser uma fase de descobertas e a dica que eu dou é: divirta-se! Invista em receitas caseiras,  teste  produtos pra ver o que mais dá certo e  o que não dá. O importante é lembrar que é uma fase e que vai passar.  Com o tempo você vai entender o que o seu cabelo precisa e qual é o melhor produto pra deixar do jeitinho que você curte. 

Acompanhe pessoas com o cabelo parecido com o teu

É comum rolar frustração com o nosso cabelo natural, ainda mais nesse meio todo de redes sociais, porque criamos expectativas, idealizamos o cabelo perfeito, fazemos comparações, e colocamos na nossa cabeça que "se o meu cabelo não for igual o da fulana, eu nem quero". Reparei que eu fui muito assim durante grande parte meu processo de transição e te digo que não é assim! Cada cabelo é um cabelo! Mesmo que o seu seja 4a e o da fulana também, nunca vai ser igual! O que me ajudou bastante com o processo de aceitação do meu cabelo foi começar a acompanhar  pessoas nas redes sociais com o cabelo parecido com o meu. Isso é importantíssimo! Você se vê, se identifica, aprende a cuidar melhor do seu cabelo, e a transição, automaticamente, se torna mais fácil porque você tem referências reais, e é motivador ver alguém com o cabelo parecido com o seu, que passou pelo mesmo processo que você. 

Abuse de acessórios! 


Durante a transição é quase que inevitável estar pra baixo. O cabelo, querendo ou não, influencia na nossa autoestima e nessa fase, com raiz inchada e as pontas lisas, é meio desanimador mesmo, mas pra tudo tem um jeito! Sabe aquele brincão que você nunca teve coragem de usar? Essa é a hora! Abusa de cores de batom, de colares, de tiaras, dreads, box braids,  brincos grandes e coloridos...vale tudo, só não vale desistir! 


O big chop (extra)

Não tem o tempo certo para fazer o big chop, é algo que se faz quando se sente preparada, não adianta cortar por pressão porque você não vai se sentir bem. Minha teoria é: tem que partir de dentro, pra quando comentários maldosos vierem, tu ter  certeza de que sabe o que tá fazendo e seguir em frente. Minha meta era cortar quando estivesse no ombro, tadinha, iludida... O importante é que senti que estava fazendo certo e tô amando meu cabelo. Não se preocupe, você vai saber a hora! 

às vezes eu acordo meio Bruno Mars
Fiquei muito animada pra fazer esse post, me contem se  vocês gostariam que eu falasse mais de transição capilar aqui, vou amar compartilhar mais sobre com vocês. Se tiverem dúvidas, dicas, deixem aqui nos comentários, vamos papear💖.

Facebook - Twitter - Instagram
💌Email: jaqueline_14@outlook.com.br

2 de ago de 2017

Dicas para não ter um dia produtivo


Eu, com certeza, não sou uma das pessoas mais organizadas e consequentemente, não muito produtiva, principalmente quando se trata de produzir em casa, no computador, aí é que complica! E é por isso que ao invés de dar dicas de como ter um dia produtivo, eu vou fazer o contrário: como não ter um dia produtivo. Como o blog é pra coisas que eu sei e domino, não daria muito certo dar dicas de organização, né? O melhor de tudo é que já experimentei todas as dicas e todas deram certo comigo, pode ocorrer de não dar certo com você, cada caso é um caso, mas vale a pena tentar!

Fique de pijama o dia todo


Acorde, tome um bom banho e um café quentinho, vista o seu pijama mais confortável, se tiver pantufas, melhor ainda. Feito isso, pronto, tente produzir e falhe miseravelmente.

Não se organize


Decida o que vai fazer na hora, nada de fazer listinhas, e o principal: quando perceber que o dia está acabando, faça tudo correndo. É mais que previsível que no final você não vai ter feito absolutamente nada, bom trabalho!

Bagunça, muita bagunça!

Deixe o seu ambiente de trabalho uma verdadeira zona!

Deixe o celular com as notificações ativas e todas as redes sociais abertas 


Pra facilitar, coloque o celular do seu lado, no último volume pra ouvir todas as notificações quando chegarem, tire todos os seus grupos do silencioso, deixe abas do facebook, twitter, instagram, abertas, afinal, você consegue dar conta de trabalhar e responder à todos, não é mesmo?

Não dê intervalos de jeito nenhum!!!

Fonte da imagem: Getty Images

Sentou na cadeira é pra produzir meu amô! Afinal, o simples fato de você estar em casa já é uma folguinha. Como diria a filosofa contemporânea Rihanna: Work! Work! Work!


Se vire! Ou melhor: dê seus pulo

                                               
Deu tudo errado? É hora de partir pra opção de fazer tudo de vez, incluindo as atividades de casa que você não fez! Anram, isso mesmo, não fez antes, corre pra fazer agora. Pode rolar uma frustaçãozinha ou outra, mas tudo bem, melhor do que não tentar.

Durma tarde

Já que nada deu certo mesmo, o melhor a se fazer é uma maratona da sua série favorita na netflix, se entupir de pipoca e ir dormir às 4h, pra no dia seguinte estar o dobro de indisposta.

É claro que esse post é uma brincadeira, mas são coisas que atrapalham, de fato, a nossa produtividade. Faça o contrário, caso queira um dia produtivo (e quem não quer, né?) hahaha. Tô pesquisando métodos para me organizar melhor com os estudos/ blog/ compromissos pessoais... o que mais tem funcionado pra mim é anotar o que tenho que fazer.  Inclusive, aceito dicas, quem sabe não faço um post completão com as indicações de vocês? 

Me contem nos comentários o que acharam do post💓
Facebook - Twitter - Instagram
💌Email: jaqueline_14@outlook.com.br

21 de mar de 2017

5 coisas para fazer sozinho (a) se amá e aproveitar a própria companhia

Ultimamente tenho valorizado mais minha companhia. Acho importante você fazer coisas sozinho (a), aproveitar a própria companhia, não depender de ninguém pra se divertir, afinal não dá pra ficar preso (a) sempre aos outros, não é mesmo?  E também não é nada saudável depender emocionalmente ou esperar muito de alguém (assunto para um próximo post, quem sabe...). E é por isso que eu separei algumas coisas coisas que eu ainda pretendo fazer, inclusive que dê pra se divertir e se amá sozinho (a)! 
IMPORTANTE
1° Tente se desligar das redes sociais pelos menos esse dia
2° Foque em somente, apenas, se divertir
Tudo pronto, podemos começar!

Fazer uma receita do facebook

Eu sei que você salva dezenas de videos de receitas no seu facebook, mas nem sequer ver de novo (tamojunto). Que tal tentar fazer uma agora? Ou até mesma tentar cozinhar algo por intuição? GOGO!


Ir ao cinema


E quem disse que só dá pra ir ao cinema acompanhado? Eu quero muito fazer isso ainda esse ano. Deve ser muito loco do nada decidir ir ao cinema no meio da semana e simplesmente ir, sem controvérsias. 






Responda à perguntas do BuzzFeed


As perguntas do BuzzFeed são ótimas pra passar o tempo e rir muito! Um dos meus favoritos é o "31 perguntas para quebrar um silêncio constrangedor", mas existe vários outros, é só dá um google! 


Criar uma playlist


Eu mesma gosto de fazer playlists para cada momento, uma animada, uma pra bad, uma pra ficar mais "na minha". Enfim, não precisa ser necessariamente uma playlist, você pode fazer uma lista de seus livros favoritos ou uma lista para classificar os filmes/ séries que você já assistiu e usar o planner de séries que eu fiz hahaha!

*pode ser no papel mesmo, depois é só montar uma no spotify ou jogar as músicas no youtube*



Dançar na frente do espelho



É MUITO legal fazer isso, tentem algum dia, é um favor que vocês estarão fazendo a si mesmos. Sério! Pesquisem coreografias prontas no youtube e tentem imitar, dance as músicas de sua playlist ou dança sem música mesmo, o negócio é se mexer. Além de estar se divertido pacas, tu vai tá perdendo a famigerada caloria de brinde.

*recomendo Wannabe- Spice Girl*


Fazer listas 

Faça uma lista de coisas que já foram realizadas e coisas que você ainda quer realizar em curto e longo prazo. Mas por favornada de coisas como "passar no vestibular", é pra ser algo divertido, ok? Comprar um unicórnio, por exemplo.  *recomendo que anotem num papel ao invés do celular*

Google > jogos de meninas > pesquisar 


Quem nunca? Antes de ter redes sociais, eu passava a minha tarde inteirinha jogando jogos aleatórios na internet, se deixasse. Você não necessariamente precisa jogar, pode também fazer algo que te lembre alguma fase boa de sua vida...  É sempre legal relembrar momentos <33. *recomendo que joguem Fire Boy Water Girl, é jogado em dupla, mas você pode tentar sozinho*
Resumindo: você pode adaptar essa lista ao seu gosto, faça o quiser! O intuito do post foi mostrar que há diversas coisas que você pode fazer para aproveitar sua companhia sem depender de ninguém para se divertir. Valorize os momentos com o seu eu e descubra coisas que te transmitam paz. Nada melhor do que sua própria companhia!

E ai, o que achou? Gostaria de mais posts sobre o assunto?
Até a próxima, conta comigo!💗

Facebook - Twitter - Instagram
Email: jaqueline_14@outlook.com.br

15 de fev de 2017

Precisamos falar sobre autoestima

au·to·es·ti·ma (auto- + estima)
substantivo feminino Apreço ou valorização que uma pessoa confere a si própriapermitindo-lhe ter confiança nos próprios .atos e pensamentos."autoestima", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/autoestima [consultado em 03-02-2017].
   Autoestima é muito mais que aparência, é aceitar quem você é. E em uma geração que você só é legal se beber, só é considerado "bonito" se usar tênis e roupas de marca, só é descolado se tirar "fotos tumblr", não é reconhecido pelo o que é e sim pelo o que veste, é complicado levar seus sentimentos a sério. Estamos esquecendo do que realmente importa: sentir. E o mais triste de tudo isso é que eu estou vendo pessoas próximas deixando sua personalidade de lado e se transformando em algo que não é só para se encaixar e o resultado disso tudo, claro, é frustração. Mano, você tem noção de que PARECER está se tornando mais importante do que SERAs coisas não podem ser assim. O que realmente importa é que você se sinta bem consigo mesmo (a) (clichê, porém essencial) . Sua opinião importa, como você se sente importa, o que você pensa sobre você importa! Não é como os outros te veem e sim como você se vê! Não acho que tenha problema em se inspirar em alguém, muito pelo contrário. O que eu quero dizer com tudo isso é que você pode ser bonito/legal/descolado (a) sendo você, não precisa ser igual ao instablogger ou a blogueira X. Não mesmo. Digo isso porque eu sei que você tem uma personalidade, só precisa tira- la do armário, vesti-la e parar de usar uma que não é sua.

   O tempo todo somos bombardeados com fotos de roupas, viagens e maquiagens impecáveis e achamos que só não vivemos tudo isso porque não somos bom o suficiente. Mas não é assim. Por trás disso tudo, há pessoas que sentem, e sentem muito. Todos nós temos nossos momentos de crises e, pasmem, com blogueiros (as) não é diferente. Eles choram, ficam estressados (as), tem dias ruins, tem bad hair days assim como a gente. Gente como a gente. O objetivo das redes sociais é compartilhar apenas os momentos legais da vida e nossa vida real não são flores, então não baseie sua vida em redes sociais, em tentar ser igual à fulano, porque nem tudo que parece realmente é! Com toda essa bagunça te tentarmos parecer, acabamos que nos perdemos. Esquecemos de quem realmente somos, da nossa essência e achamos que não somos nada "demais" comparado a esse tanto de gente legal. ANRAM, vai nessa. Acontece que não paramos um dia sequer para nos conhecer, estamos preocupados demais em parecer estilosos, legais. Preocupados em apenas parecer. 

   Vem cá, já parou pra fazer um turismo dentro de você? Você é incrível e nem sabe, já pensou isso? Não, né? Cara, deixa eu te dizer uma coisa: quem fica com você nos momentos de bad? Isso mesmo, você. Então pra quê se preocupar tanto em parecer algo se você pode ser você mesma de dentro pra fora? Não ignore, jamais, o que você sente/é.  Se permita à experimentar coisas novas. Se descobrir é um favor que você se faz. Procure fazer coisas que te façam bem, que te transmitam paz. E ah, a bad não é algo legal, passe por ela, aprenda com ela e siga em frente. Se preocupe mais consigo mesmo (veja bem, eu disse pra se preocupar mais consigo mesmo e não ), pois, parando pra pensar bem, cada um tem uma ideologia, um estilo de vida diferente e se formos parar pra tentar agradar à todos, vamos enlouquecer. Literalmente. É aquele famoso ditado: nunca vamos agradar ninguém. Então, em caso de dúvidas, seja você mesmo (a). Não se contente com coisas pequenas. Busque se entender. Fique um pouco em silêncio e ouça o que o teu coração tem a te dizer. É isso, sempre esteja aberto à coisas novas.
Até a próxima, fica bem e conta comigo. Sempre💗


Email: jaqueline_14@outlook.com.br
© Maratona de Hobbies - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Jaqueline Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo